Radioterapia

A Fundação Assistencial da Paraíba – FAP foi o primeiro hospital com serviço de radioterapia do interior do estado com a Cobaltoterapia, que fazia tratamento de câncer através do Cobalto que é um elemento radioativo. A partir de 2010 o tratamento começa a ser feito por radioterapia, utilizando o primeiro acelerador linear

O Governo Federal promoveu o programa das 80 soluções em radioterapia, pretendendo suprir o deficit de atendimentos em vários estados do país. A Fundação Assistencial da Paraíba foi contemplada com a primeira máquina distribuída do programa tendo, a partir de novembro de 2016 dois aceleradores lineares para o tratamento de câncer.

Além dos aceleradores lineares a radioterapia da FAP tem sistema de gerenciamento para aumentar a segurança na execução dos tratamentos o ARIA e o sistema de planejamento para efetuar a técnica 3D chamada eclipse, no segundo acelerador.

ARIA – Um Sistema de Registro Médico Eletrônico que proporciona um gerenciamento de imagens que são capazes de armazenar e gerenciar todas as informações necessárias para o processo de oncologia. O Sistema de planejamento ECLIPSE realiza planejamentos tridimensionais, baseados em tomografias computadorizadas. O processamento de imagens permite a geração de reconstruções a partir de planos no corpo e depois gera as distribuições de doses associadas a estes planos.