Usina de Energia Fotovoltaica é implantada no Hospital da FAP em parceria com o Ministério Público do Trabalho

O Hospital da FAP iniciou no começo de abril a geração de energia solar através da construção de uma Usina de Energia Fotovoltaica. O projeto se deu a partir de uma doação do Ministério Público do Trabalho (MPT), na pessoa do Exmo. Sr. Dr. Raulino Maracajá Coutinho Filho, Procurador do Trabalho, a partir de recursos destinados no ano de 2020, de aproximadamente R$ 220 mil.

A usina foi construída em uma área próxima ao Prédio da Radioterapia e deverá suprir boa parte da demanda de energia do setor, havendo um abatimento da nossa conta de Energia Elétrica da Radioterapia em torno de R$ 10 a 15 mil (cerca de 75%).

Além de ser um projeto econômico, a Usina Fotovoltaica também faz parte de série de Projetos Socioambientais que a FAP vem promovendo nos últimos anos. Sem a emissão de gases ou agravamento dos impactos ambientais, a Usina Fotovoltaica da FAP se tornará de extrema importância para a proteção do meio ambiente, com a produção de energia limpa e da manutenção na qualidade de vida das pessoas.

O Hospital da FAP busca cada vez mais por inovações em tecnologias de ponta e modernização nos serviços prestados, implicando em diversos benefícios tanto para o usuário quanto para o meio ambiente, zelando assim por seu compromisso em cuidar de vidas.

Assessoria FAP